31 dezembro, 2017

Sinopse:
Como assistente pessoal de Carter Manning, Bruna sabia exatamente o que esperar do cantor: música, mulheres e um pouco de (muita) arrogância. Seria preciso uma interferência do universo para que ele se mostrasse alguém descente.
E não é que o universo resolveu agir?!
As pequenas, Sam e Soph, serão a prova final de Carter, para mostrar que mesmo o cara mais idiota, possui algo além de uma camada de egocentrismo.



 Minha Opinião

Preciso dizer dizer, se antes eu tivesse alguma dúvida, tenho agora plena certeza que eu sou fã dessa autora. Gente, pensa numa pessoa divertidíssima de se ler. Fiquei apaixonada pelos personagens de Clichê, o primeiro livro desta duologia (que pra mim poderia ser uma série de quinze livros...rs) e apesar de não ter caído de amores pelo Carter no primeiro livro, talvez por consequência da Marina ter uma péssima impressão dele (não que ele tenha se esforçado para passar qualquer outra imagem).
Não só quando visitou o irmão, mas no dia a dia Carter Manning era um idiota arrogante, daqueles que não tem nenhuma consideração, pega a menina, usa da forma que quer e segue sua vida sem nenhum apego. E vamos combinar que todas as garotas que ele pega são fãs meio loucas. Eu não disse, mas Carter é um cantor famoso, comparável a Justin Timberlake, sua banda tem feito muito sucesso e há três anos que Bruna é sua assistente pessoal.
Ela, por sua vez se mostra muito competente, madura, ama o que faz e apesar de Carter ser um pé no saco na maioria das vezes, quando fazemos o que gostamos, relevamos certos episódios. Como Carter sumir na hora que todos estão indo embora de uma boate porque ele encontrou uma mulher para usar deixando Bruna procurando o homem feito uma idiota enquanto ele estava apenas aliviando suas necessidades. 
Bom, mas Carter tem seus momentos fofos e creio que seja por isso que Bruna conseguiu ver mais nele que as outras mulheres que passaram pela sua vida.

(Carter) - Quando esta loucura com as meninas passar vou te levar em algum lugar incrível para compensar a assistente maravilhosa que você é. Além de ser, possivelmente, a unica pessoa que realmente me entende.
Ah, gente! Anota esse momento no coração de vocês. Nos caderninhos. Grifa com um marca-texto. Esse é um dos poucos momentos em que nós veremos Carter Manning sendo um amorzinho.

Reparou na menção "as meninas" no quote acima? 
Pois é, com toda essa vida de solteiro que nem as pessoas que trabalham para Carter escapam de suas cantadas e de sua cama, eis que Bruna é acordada pelo telefone e Carter a manda ir imediatamente para a casa dele. Porque? Duas meninas de três anos, gêmeas, foram deixadas na porta de Carter com os documentos e uma carta avisando que a mãe não tinha condições de cuidar delas e então o pai deveria cuidar. O pai, caso ainda não tenha entendido... é sim.. Carter Manning (espaço para rir) 
Sim, no incio eu achei que ele merecia mesmo o susto, o cara era um inconsequente, não sabia a hora de parar e sinceramente a única pessoa que ele podia dizer que respeitava era Bruna, mesmo porque como ele disse, foi construída uma barreira de firewall que o faziam se manter longe de Bruna. Porque sim, ele gosta dela, ela gosta dele, mas 1 Ela não merece um homem como Carter e 2, Carter não tem maturidade para um relacionamento monogâmico, pelo menos não no inicio do livro. É a partir do momento que Sam e Soph chegam na sua vida para virá-la de cabeça para baixa é que Carter tem o impacto de uma outra realidade que ele nunca imaginou para ele. Nem Bruna. E olha que Carter deu a Bruna (e a mim) vários motivos para acreditar que ele será um péssimo pai, deixando Bruna não só com todo o peso do trabalho de assistente, com uma turnê vindo ai, mas também com uma responsabilidade que não era a dela. Cuidar das meninas, enquanto o "estrelinha" transava com mulheres a torto e a direita, chegava bêbado...

Carter é uma estrelinha dourada. Com pessoas para solucionar absolutamente todos os problemas que possam aparecer, ele só precisa desfrutar de sua vida. É o tipo de pessoa que só vai acordar para a realidade quando levar um belo tapa a vida.
As meninas eram um grande tapa. A estrelinha dourada estava olhando ao redor e percebendo que a vida não é exatamente o que pensava ser. Ele não é a única coisa brilhante no céu e eu fazia questão de mostrar isso a ele sempre que possível.
Então como eu disse anteriormente, sou fã da Carol, de verdade. Não consegui desgrudar do livro até o fim, o que me lembra uma coisa. Carol, quando ler esta resenha me responda uma coisa... Acho que rasgaram paginas do meu livro porque... VOCÊ NÃO PODE ACABAR SÓ COM AQUILO! ah, vá, diz pra mim que Inversos continua de alguma forma!? Não estou saciada desse casal "nem a pau, Juvenal!" kkkkkkkkkkk (Desculpa, desabafei)
Então, gente,.. conheçam Clichê, Inversos (que podem ser lidos de forma inversa se você não se importar com um pequeno spoiler, mas já era um que todos esperam já que o livro é Clichê. kkkk)
CONHEÇAM CAROL DIAS! Ela tem mais livros por ai um conto na antologia "Love is in the air 2" e "6 paradas do destino" que está disponível na Amazon (assim como os outros), tem mais vindo no início de 2018 então não fiquem para trás...


EDITADO! 

GENTE!!!! BAFO!!!

"Clichê tem mais um livro, que sai esse ano. Vai contar a história da Camila, advogada do Carter. Nele a gente vai saber mais sobre o casal Mannpello..."
Carol Dias


28 dezembro, 2017

Sinopse:Lorde Edrick Bradley III, segundo barão de Westling, cruza o caminho de Ashley Walker em uma nublada tarde de outono. Atraído e intrigado pela falta do esperado cumprimento, ele a segue até vê-la entrar no hotel da vila. Sem entender tamanha curiosidade, a espera. Ao se apresentar, a frieza com que é recebido eleva o mistério, incitando-o a desvendá-lo.A Srta. Walker desejou esquecer aquele encontro. Vivia na vila vizinha, agradecida por jamais ter estado diante do nobre cavalheiro e preferia que assim continuasse. Porém, afastar-se não seria fácil, pois estava prestes a descobrir que nem todo homem é mau, egoísta, ou aproveitador. E essa descoberta, aliada aos encantos de Edrick, fará ruir a sólida muralha protetiva que Ashley ergueu ao longo dos anos. Mudança inútil, pois ela era a Borboleta Negra, alguém que não serviria sequer para ser amante do honrado barão. Naquele lindo jardim ela jamais poderia pousar.

Minha Opinião

Que eu sou apaixonada pela Halice, já não é nenhuma novidade,  mas a novidade aqui é o estilo de leitura... Um romance de época escrito pela diva!! TINHA QUE SER FAVORITO DO ANO!

Ah gente, se eu não gostasse de romance de época antes, impossível não se apaixonar depois de conhecer esta linda história. Linda porque tem final feliz? 
Não, mesmo porque é uma duologia, então o primeiro livo não irá nos deixar saciados. Mas são quase 560 páginas de puro desespero, a cada capítulo descobrimos mais tretas na vida da personagem principal. Ashley. Ou Amber. Ou Cora. Escolha você. rs
Vamos ao breve resumo porque não quero deixar escapar nenhum spoiler. rs
Ok, em 1870 conhecemos Ashley , enquanto ela se dirigia para um hotel, lá encontrou um "amigo" Frederick onde ele lhe entrega um envelope com uma carta e até onde sei, ela precisou pagar-lhe com seus serviços. Sabe quais serviços? Bom eu imaginei um monte de coisa... nada agradável já que o seu amigo tinha idade para ser seu pai. :o
Enquanto Ash estava no quarto com Frederick, sem que sequer imaginasse estava ninguém menos que o Barão Edrick III, que sempre esteve acostumado a ter toda a atenção do sexo feminino sentiu seu orgulho um tanto ferido ao ser quase ignorado pela dama misteriosa. Se interessou tanto, a ponto de esperá-la sair do edifício para segui-la até uma doceria que ela havia se dirigido. Lá, quando ele faz sua aproximação ela apesar de educada, se mostra desinteressada e isso o fez ainda mais persistente. Não diretamente, mas ela realmente marcou e chamou-lhe atenção.

"Não se voltaria contra Philip por zombar do inusitado flerte fracassado, quando estava habituado a ver o patrão voltar das abordagens, vitorioso ou até entediado, jamais contrariado. "

Como se o destino estivesse conspirando contra ela, quando chegou ao ponto de encontro sua carruagem não estava a sua espera e um forte temporal se iniciou. Ela, não teria como andar por horas até chegar em sua cidade e prontamente seu socorro lhe apareceu. Novamente, o Barão. (ele não desiste né? - foi o que pensei kkk) 
Bom, ela não via ninguém que pudesse lhe ajudar, estava sozinha e apesar da repulsa que ela parecia mostrar pelo Barão, aceitou sua oferta de carona até sua cidade. Mas para seu desagrado total, a carruagem sofreu um acidente, impossibilitando seu retorno naquele dia.
Aos poucos começamos a perceber que Ashley não queria estar em Apple White, onde vivia o barão, na verdade ela tinha péssimas lembranças daquele lugar, de primeira mão sabemos o porque apesar de imaginar devido aos pesadelos que a atormentaram na primeira noite, mas quando a história vai vagarosamente se desenrolando e quando ela começa a perceber que Edrick é diferente dos outros homens que passaram na vida... Vida essa ainda muito mal contada. kkk (Quem sou eu pra contar né?).

- Acho que... - Ashley pensou um segundo e deu voz à analogia particular. - Uma borboleta cansada de voar por canteiros áridos e feios, relutaria em acreditar que um jardim florido, sozinho, pudesse ser inteirinho dela.- Só para que fique claro,... eu sou o jardim, não sou?- Sim, você é o jardim.- Pois então acredite e fique à vontade. Sou todo seu, cansada borboleta. 

Só te digo uma coisa, quando um problema aparece tudo se torna uma bola de neve e tanta coisa jogada no ventilador que eu simplesmente não consegui desgrudar do bendito livro até ele acabar. Eu torcia pelos dois, depois não via como ter futuro, mas queria que ficassem, mas Deuuus ele não aceitará, mas... mas... Se eu não amasse tanto o livro que esta belamente dedicado pela autora, teria jogado na parede por não ter o segundo nas minhas mãos.




Gente, você PRECISAM ler esse livro. Sério quando disse que ele se tornou o favorito do ano, não brinquei. Eu sonhei com ele, eu fico o tempo todo achando que eu vi um filme, mas que não terminei! Ahhh eu preciso do segundo livro e preciso pra ONTEM! kkkk não gosto de favoritar séries até que eu leia o último, pra ter uma média, mas esse... nem preciso.. E repito, NÃO PRECISO LER pra saber que vai ser maravilhoso.
....
Me empolguei não foi? kkkkk Ah vá, apenas leia Halice.
Beijo!










Olha quem voltou!!!!

Apesar de ter sumido por uns meses eis que estou de volta e agora melhor que 2017 porque cada ano a gente melhora, cada ano a gente tem que se superar e é isso que eu quero para minha vida e para a de VOCÊS!

Uhulll.. to animada, vem que esse ano prometo sorteios no instagram, resenhas lindas!!!! As notícias que eu conseguir (kkk) fotos fofas e a escritora agora falando também promete livros (sim, no plural se tudo sair como quero.. kkk) Vamos ver no que dá porque eu to à procura de muita coisa esse ano, quero alguém para me ajudar no blog com as noticias de lançamentos, alguém se habilita?
Bom, vou falar disso melhor, mas se já quiserem deixar seus emails eu já dou uma avisadinha quando tudo já estiver planejado; 

No mais, foi ficando por aqui mesmo... Quem quiser se informar, autor nacional querendo parceria... ESTAMOS AI!

Beijoooos!

Quem sou eu

Minha foto
Oi, muito prazer, eu sou a Naty, carioca e formada em Design Gráfico. Sou apaixonada por esta pequena parte blogueira de mim. Também sou mãe coruja, casada e já tenho 5 livros escritos: A duologia "Retratos de uma Vida", os spin-offs "Sob sua Vigilância" e "Dama de Copas" e o infantojuvenil "A Prometida do Príncipe" que são os primeiros de vários livros que desejo escrever para todos vocês!

Parceiros 2018

Redes Sociais

Última Resenha

[Resenha] Fortaleza Negra - Kel Costa

Instagram

Eu Apoio

Movimento Literatura Nacional Eu Apoio!

Parceiros 2018




Leitores

Leitura Atual

Classificações

Tecnologia do Blogger.

Lidos em 2018

  • 01. Desejo de Punição
  • 02. Por Favor
  • 03. O Visconde que me amava
  • 04. Irmãos de Sangue
  • 05. Amante Liberto
  • 06. A Ruiva Misteriosa
  • 07. Lilah, as Calhoun
  • 08. A Bibliotecária
  • 09. Fortaleza Negra
  • 10. As Presas, A Caçada

Lidos em 2017

  • 01. Guarde-me para sempre
  • 02. Doce Sedução
  • 03. Uma Vez Você, Uma Vez Eu
  • 04. A Rainha Vermelha
  • 05. Simplesmente Irresistível
  • 06. O Garoto que Tinha Asas
  • 07. Espada de Vidro
  • 08. A Prisão do Rei
  • 09. Julieta
  • 10. Amante Revelado
  • 11. Tudo e Todas as Coisas
  • 12. Vivendo no mundo dos Espíritos
  • 13. Diálogo com um Executor
  • 14. Uma Lição de Amor
  • 15. O Guardião da Meia Noite
  • 16. A Caçada
  • 17. Desejo de Vingança
  • 18. Clichê
  • 19. O Teste
  • 20. Estudo Independente, O Teste 2
  • 21. A Formatura, O Teste 3
  • 22. Mar de Rosas
  • 23. Bem - Casados
  • 24. Cilada para um Marquês
  • 25. Catherine e Amanda - As Calhoun
  • 26. Borboleta Negra
  • 27. Inversos
  • 28. A Marca da Escuridão
  • 29. Felizes para sempre

Lidos em 2016

  • 01. Herdeiros do Trono
  • 02. Surpreendente
  • 03. Grey
  • 04. Branca de Neve
  • 05. Amante Desperto
  • 06. Reflexo
  • 07. Intenso Demais
  • 08. Diário de uma Assassina
  • 09. Ridículas Cartas de Amor
  • 10. Surpresa Irresistível
  • 11. Álbum de Casamento (2x)
  • 12. O Garoto dos Olhos Azuis
  • 13. Maliciosa
  • 14. De Repente, o Destino
  • 15. A Fada Madrinha
  • 16. O Duque e Eu
  • 17. O Ar Que Ele Respira (inglês)
  • 18. Loui, o Palhaço Medonho e outros Contos Sombrios
  • 19. Obsessão - Amor Imortal 1
  • 20. Magisterium, o desafio de ferro
  • 21. Círculo de Fogo
  • 22. Teoria do Amor
  • 23. Magisterium - A Luva de Cobre
  • 24. Bichanos
  • 25. Aparências
  • 26. Magisterium - A Chave de Bronze

Banner

Banner - Blog Literário

Visitas do Mês