13 maio, 2017


Sinopse:
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.


Minha Opinião

Neste livro conhecemos um mundo dominado pela cor do sangue. Humanos de sangue vermelho são condenados a uma vida de submissão enquanto os que possuem o sangue prateado têm o poder. Não só o poder que o dinheiro traz, como literalmente um tipo de "magia" de acordo com a sua família. Todos os prateados possuem esses poderem e isso é o que lhe dá soberania. 
Logo conhecemos Mare, uma vermelha batedora de carteiras. Sua família é tão miserável como as outras famílias de vermelhos, seus dois irmãos mais velhos passaram pelo recrutamento ao chegar na maioridade e para um vermelho, ir para a guerra, que perdurava anos, era praticamente a morte. Os Prateados apesar de todo o seu poder usavam a força vermelha em suas guerras a fim de não sujar suas mãos com seus próprios conflitos.

Os prateados não têm nada a temer de nós, vermelhos. Todo mundo sabe disso. Nós somos iguais, embora, talvez não dê para perceber só de olhar. A única coisa que nos diferencia - pelo menos por fora- é que os prateados andam eretos. Já nossas costas são curvadas pelo trabalho, pera esperança frustrada e pela inevitável desilusão como nosso fardo na vida.

A única forma de um vermelho não ir para a guerra era ter um emprego antes da sua convocação. Mare agradecia por sua irmã mais nova ter um emprego, mas ela, sempre sempre se sentia diferente. Não tão forte quanto os irmãos ou mais prendada e inteligente como a caçula. Sempre a ovelha negra da família que não era fã da forma que ela levava a vida. Mare também tinha um amigo,  Kilorn e ao descobrir que ele havia perdido o emprego se desesperou. O problema era que ele já tinha dezoito anos e teria que servir ao exército. Mare que se sentia atraída pelo amigo, ficou desolada e pensou em alguma forma de ajuda-lo, infelizmente ela teria que roubar muitas carteiras em muito pouco tempo para conseguir pagar uma fuga que não resultasse na morte dos dois. Ela tentou, com a ajuda da irmã mais nova roubar prateados em sua "vila" e um desastre aconteceu com sua irmã impossibilitando qualquer possibilidade de continuar em seu trabalho.

Numa noite, se sentindo culpada por tudo que acontecia com a sua família e por se sentir impotente por não conseguir ajudar Kilorn, ela decide continuar com seus furtos e tentar a sorte. Nesta noite ela encontrou um homem que a ajudou mesmo depois dela tentar roubá-lo. Não só isso, o homem, solidário, que dizia ter um bom trabalho no Castelo, conseguiu um emprego para ela. Assim, suas esperanças em livrar o amigo daquele destino só aumentou. Infelizmente no primeiro dia no Castelo, Mare precisa encarar uma "festa" em que prateadas de todos os lugares vinham para mostrar seus poderes para o Rei e assim o príncipe herdeiro escolher sua esposa.

Mare se vê no meio desta festa rodeada de prateados poderosos que usavam uma grande arena para que as mulheres pudessem demonstrar seus poderem na frente de toda a alta sociedade. Infelizmente, para Mare, seus problemas estavam só começando. Quando a favorita da nobreza, Evangeline, se apresentava, um dos camarotes que Mare servia despencou devido ao poder de controlar o metal que a prateada usava. Mare caiu bem no meio da arena. Como se ela não fosse absolutamente nada Evangeline lhe atacou e para a surpresa, não só do público, mas também de Mare, ela retribuiu o ataque com um poder. Poder este que ninguém nunca havia visto se manifestar em um vermelho.  Digamos que foi somente por isso que ela continuou viva para contar o resto da história. rs

O livro é maravilhoso, eu me encantei e não consegui parar de ler enquanto não terminou. São varias reviravoltas antes mesmo da página 50. E ao terminar, quase chorei querendo continuar. Além deste livro temos um extra e mais duas sequências que já comprei. rs O livro, que pensei ser algo completamente diferente, tem ação, romance, traições, revoltas e muita treta prometida para o resto da série. Quem leu A Seleção e gostou irá, sem dúvidas, se apaixonar. Quem não gostou de A Seleção... também.. porque é muito melhor kkkk

-Vocês se consideram os donos do mundo, reis, deuses. Mas seu império está no fim. Enquanto não nos reconhecerem como humanos, como iguais, a guerra baterá à porta das suas casas. Não nos campos de batalha, mas nas suas cidades. Nas suas ruas. Onde vocês moram. Vocês não nos veem, e por isso já estamos em todo lugar. (...)
- E nós vamos nos levantar. Vermelhos como a aurora.

0 comentários:

Classificações

Quem sou eu

Minha foto
Oi, muito prazer, eu sou a Naty, carioca e formada em Design Gráfico. Sou apaixonada por esta pequena parte blogueira de mim. Também sou mãe coruja, casada e já tenho 3 livros escritos: A duologia "Retratos de uma Vida" e o spin-off "Sob sua Vigilância" que são os primeiros de vários livros que desejo escrever para todos vocês!

Redes Sociais

Última Resenha

[Resenha] O Garoto Que Tinha Asas - Raiza Varella

Instagram

Eu Apoio

Movimento Literatura Nacional Eu Apoio!

Leitores

Editoras 2017



Tecnologia do Blogger.

Book Tour

Leitura Atual

Lidos em 2017

  • 01. Guarde-me para sempre
  • 02. Doce Sedução
  • 03. Uma Vez Você, Uma Vez Eu
  • 04. A Rainha Vermelha
  • 05. Simplesmente Irresistível
  • 06. O Garoto que Tinha Asas

Lidos em 2016

  • 01. Herdeiros do Trono
  • 02. Surpreendente
  • 03. Grey
  • 04. Branca de Neve
  • 05. Amante Desperto
  • 06. Reflexo
  • 07. Intenso Demais
  • 08. Diário de uma Assassina
  • 09. Ridículas Cartas de Amor
  • 10. Surpresa Irresistível
  • 11. Álbum de Casamento (2x)
  • 12. O Garoto dos Olhos Azuis
  • 13. Maliciosa
  • 14. De Repente, o Destino
  • 15. A Fada Madrinha
  • 16. O Duque e Eu
  • 17. O Ar Que Ele Respira (inglês)
  • 18. Loui, o Palhaço Medonho e outros Contos Sombrios
  • 19. Obsessão - Amor Imortal 1
  • 20. Magisterium, o desafio de ferro
  • 21. Círculo de Fogo
  • 22. Teoria do Amor
  • 23. Magisterium - A Luva de Cobre
  • 24. Bichanos
  • 25. Aparências
  • 26. Magisterium - A Chave de Bronze

Banner

Banner - Blog Literário

Visitas do Mês