27 abril, 2017
Sinopse:
Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar, o que frustra o casal. A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos. Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles.
Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade.


Minha Opinião

Desta vez venho falar de mais uma obra nacional publicada pela Editora Novo século. O autor Diego Martello se tornou parceiro do blog e me enviou um exemplar para resenhar. Só não avisou de seu perigo. Sim, muito perigoso porque você acha que não vai se apegar e quando menos espera o livro te sequestra. rs
Inicialmente percebi que a escrita do autor era um pouco diferente do que eu estou acostumada a ler, mas continuei até mesmo pela temática prometida pelo livro. Aos poucos ele foi me cativando ao conhecer os personagens e suas histórias bem construídas.

 Conhecemos, então, Willian. Comum e devo dizer, bem parecido comigo ao perceber o quanto ele gosta de ficar em sua bolha. Ele inicia seu dia para assim seguir para uma reunião com seu chefe, Oswaldo. Ele descobre que é chamado para ser diretor geral da empresa que ele trabalhava apenas como consultor. Foi pego de surpresa porque, na verdade ele possuía uma pequena empresa de consultoria em parceria com seu amigo, Cristiano, que estava em fase inicial.
Ao voltar para casa com dez dias para pensar em sua proposta pronto para contar sobre a boa notícia, ele se depara com Eva, sua esposa, uma dentista que largou a profissão para ser mãe e cuidar do pai doente e a quem ele via como um anjo na terra, estava passando por um momento tão ruim que desanimou a contar sobre sua novidade para lhe dar atenção.

 Acontece que há três anos o casal tenta ter um filho, mas todas as tentativas, desde então foram frustradas, inclusive aquele dia e isso sempre fazia com que Eva ficasse muito triste. Após mostrar ser o bom marido que é e tranquilizar a esposa, recebe a notícia que seu pai, Marcos, tinha sofrido um acidente que ocasionou uma fratura na perna. A partir de sua reação percebemos a má relação que ele tem com o pai.

“Não sabia como agir. A situação era simples, porém, eu tinha colocado tantos obstáculos no passado que um simples abraço se tornava uma maratona entre meu pai e eu. Sabia que fugir não era a melhor opção. Já não dava mais para fugir de tantas dúvidas. Sabia que um dia teria que voltar e retirar todos os obstáculos, limpar tudo e deixar o ar correr solto e leve novamente. Só não sabia quando, e tinha medo por nunca o saber.”

A esposa pelo visto sempre tenta fazer com que ele descubra o momento em que ele precisa voltar a se relacionar com o pai, mesmo porque como ela poderia criar a grande expectativa de ter um filho e de criá-lo em um ambiente com tantos problemas de relacionamento?

“ É tão difícil assim receber de coração aberto o amor de seu pai? O que há nele que te faz querer correr para tão longe? Porque você não consegue se sentir bem com ele?
 Eva não obteve respostas.”

 Apesar de tudo o que sentia, ele foi visitar seu pai para ver se precisava de alguma coisa, mesmo porque ele sempre pareceu ser um homem forte para Willian, apesar de suas desavenças. Ao chegar na casa de campo que o pai morava, o clima foi o esperado entre pai e filho e ele pouco quis ficar na casa. Infelizmente, para ele, a chave do carro havia ficado trancada dentro do veículo, o que lhe forçou a voltar para a casa de seu pai enquanto a seguradora não chegava para socorrê-lo.

Sentado, imóvel na sala, pôde ouvir um choro abafado que vinha do quarto de seu pai e não pode evitar de se aproximar. Mesmo com o ambiente pesado ele tentou se manter educado, pelo menos e perguntou o que o pai fazia para acontecer o acidente.
Ele conta que estava montando uma dinâmica para a empresa contratar o substituto de Willian e esta, envolvia uma trilha bem ali mesmo no terreno de sua casa de campo. Infelizmente, graças ao seu acidente ele não pode terminar a dinâmica que poderia finalmente contratar alguém que faria bem a empresa como antes seu filho fazia.
Apesar de sua relutância interna, Willian disse que terminaria o que Marcos fazia que consistia apenas em deixar um envelope no final da trilha já que a atividade se iniciaria no dia seguinte.

A dinâmica era dividida em fases e em cada fase haviam ambientes e novas pistas. Como ele tinha que seguir a trilha, ele parava nos ambientes para ver como era e cada vez que entrava nesses lugares era inundado de lembranças da época em que convivia bem com seu pai, da época que estudou no colégio interno e começou a entrar na fase adulta e perceber seu caminho no mundo.
Ele viaja entre seu passado e seus problemas do presente e aos poucos sua visão sobre o rumo de sua vida começa a amadurecer. Amei como o autor apresentou problemas tão reais, de uma forma bem sincera e até mesmo emocionante (sim, a chorona aqui chorou bastante kkkk). Eu indico este livro a todos sem restrição. Um livro pequeno, mas enorme de conteúdo e aprendizado.

Geralmente, minhas reanálises sobre o passado acontecem após eu enfrentar algum fator sentimental forte no presente. Dessa maneira, o que eu tinha dentro de mim que julgava importante, ou não, sofre algumas reavaliações e volta a ser julgado novamente. 



0 comentários:

Classificações

Quem sou eu

Minha foto
Oi, muito prazer, eu sou a Naty, carioca e formada em Design Gráfico. Sou apaixonada por esta pequena parte blogueira de mim. Também sou mãe coruja, casada e já tenho 3 livros escritos: A duologia "Retratos de uma Vida" e o spin-off "Sob sua Vigilância" que são os primeiros de vários livros que desejo escrever para todos vocês!

Redes Sociais

Última Resenha

[Resenha] O Garoto Que Tinha Asas - Raiza Varella

Instagram

Eu Apoio

Movimento Literatura Nacional Eu Apoio!

Leitores

Editoras 2017



Tecnologia do Blogger.

Book Tour

Leitura Atual

Lidos em 2017

  • 15. O Guardião da Meia Noite
  • 01. Guarde-me para sempre
  • 02. Doce Sedução
  • 03. Uma Vez Você, Uma Vez Eu
  • 04. A Rainha Vermelha
  • 05. Simplesmente Irresistível
  • 06. O Garoto que Tinha Asas
  • 07. Espada de Vidro
  • 08. A Prisão do Rei
  • 09. Julieta
  • 10. Amante Revelado
  • 11. Tudo e Todas as Coisas
  • 12. Vivendo no mundo dos Espíritos
  • 13. Diálogo com um Executor
  • 14. Uma Lição de Amor

Lidos em 2016

  • 01. Herdeiros do Trono
  • 02. Surpreendente
  • 03. Grey
  • 04. Branca de Neve
  • 05. Amante Desperto
  • 06. Reflexo
  • 07. Intenso Demais
  • 08. Diário de uma Assassina
  • 09. Ridículas Cartas de Amor
  • 10. Surpresa Irresistível
  • 11. Álbum de Casamento (2x)
  • 12. O Garoto dos Olhos Azuis
  • 13. Maliciosa
  • 14. De Repente, o Destino
  • 15. A Fada Madrinha
  • 16. O Duque e Eu
  • 17. O Ar Que Ele Respira (inglês)
  • 18. Loui, o Palhaço Medonho e outros Contos Sombrios
  • 19. Obsessão - Amor Imortal 1
  • 20. Magisterium, o desafio de ferro
  • 21. Círculo de Fogo
  • 22. Teoria do Amor
  • 23. Magisterium - A Luva de Cobre
  • 24. Bichanos
  • 25. Aparências
  • 26. Magisterium - A Chave de Bronze

Banner

Banner - Blog Literário

Visitas do Mês